26 Abril 2011, 18:57

A pesca na Rússia

A pesca na Rússia

Recentemente a revista “Forbes” tem publicado o rating dos objetos geográficos mais prestigiosos para os pescadores. Os reservatórios da Argentina estão no primeiro e no segundo lugar, enquanto o terceiro lugar pertence à Península de Kola no Norte da parte europeia da Rússia. Lá, nos rios locais, continua a existir o reino do conhecido salmão russo.

O peso normal de peixe é 8-9 quilos. Às vezes aparecem peixes de mais de 18 quilos. O melhor período para pesca começa nos primeiros dez dias de junho e continua até os meados de julho. O número aceitável de pescadores é 150 em cada rio durante uma temporada.

A Península de Kola possui alguns lagos grandes com muito peixe. A sua particularidade é que apenas três deles – Vyalozero, Munozero e Kolvitskoe são acessíveis para automóveis. Os demais lagos são pouco acessíveis, o que permite contatar grandes reservas intactas de peixe.

Hoje muitas empresas turísticas oferecem serviços de pesca na Rússia, assinala o chefe do centro de contactos sociais da agência russa para a pesca Alexandr Saveliev.

Este ramo é especialmente desenvolvido na Península de Kola, na Kamchatka e na Sacalina. Há muitas regiões em que podemos desenvolver o nosso negócio, por exemplo, as Ilhas Curilas do Sul e a região de Astrakhan. Basta ver a mapa da Rússia para compreender que o país é um lugar para o descanso luxuoso, lazer e peixe. É uma área bastante vantajosa e pode trazer ao orçamento do governo duas ou três vezes mais impostos de que a pesca industrial. Já estamos presentes em ratings internacionais, o que atrai um grande número de turistas, principalmente, da Europa – da Alemanha e da França. Muitos americanos vão à Kamchatka para pescar lá. Portanto, é uma área em desenvolvimento.

A Rússia tem mais de 2,5 milhões de rios e cerca de três milhões de lagos. O maior e o mais profundo lago no mundo – Baikal, está situado no sul da Sibéria Leste na latitude de Moscou e de Londres. Lá, na água transparente, no meio da taiga e das serras, vivem mais 53 espécies de peixe, para além do ómul que é chamado peixe imperial por causa do seu sabor perfeito. Desde os tempos antigos a pesca tem sido ofício e, ao mesmo tempo, a paixão de pescadores-amadores. Hoje o seu número chega a 25 milhões.

Há um mês o primeiro-ministro russo Vladimir Putin, durante o encontro com o chefe da agência de pesca da Rússia, exigiu introduzir restrições para a transferência de reservatórios ao nível comércial, diz Alexandr Saveliev.

Quero prestar atenção de todos os ouvintes ao facto de que a pesca gratuita e acessível na Rússia está prevista pelo artigo 24 da Lei sobre a pesca e proteção de recursos biológicos aquáticos.

Presentemente o grupo da Agência de pesca e o grupo na Duma de Estado da Rússia estão a preparar uma nova lei federal sobre a pesca esportiva para os amantes. Esta lei visa criar as condições confortáveis para que a pesca seja agradável, acessível e gratuita.

  •  
    E recomendar em