2 Agosto 2012, 00:25

UNITA ameaça mobilizar povo angolano para impedir eleições

UNITA ameaça mobilizar povo angolano para impedir eleições

A UNITA ameaçou hoje em Luanda que "utilizará todos os meios legais e pacíficos" para "mobilizar o povo angolano" e "impedir que se realize no dia 31 de agosto uma eleição que não respeita a lei".

A ameaça foi feita em conferência de imprensa pelo presidente do maior partido da oposição, Isaías Samakuva, que deu o prazo de duas semanas para a Comissão Nacional Eleitoral (CNE) respeitar a legislação eleitoral aprovada pelo parlamento.

Em causa está a falta de equipamentos que permitam aos presidentes das assembleias de voto transmitir, no final da votação, os resultados para o Centro de Escrutínio, a distribuição, no local, de cópias das atas de voto aos delegados das formações políticas concorrentes e a realização de uma auditoria "séria e independente" ao sistema e equipamentos centrais de escrutínio.

--Diário Digital / Lusa

  •  
    E recomendar em