15 Setembro 2012, 10:54

A Inocência dos Muçulmanos permanece na Internet

A Inocência dos Muçulmanos permanece na Internet

A companhia Google rejeitou um pedido das autoridades norte-americanas de retirar do portal YouTube o escandaloso filme A Inocência dos Muçulmanos, o qual tinha provocado violentas ações de protesto no mundo árabe. De notar que a exigência não teve caráter oficial, tendo a decisão definitiva cabido à Google.

Entretanto, a companhia limitou acesso ao filme na Índia e na Indonésia, tendo-o bloqueado para utentes no Egito e na Líbia, países onde se registram as maiores agitações de protesto.

De acordo com representantes da Google, as limitações foram impostas em conformidade com as legislações daqueles países e não por motivos políticos.

  •  
    E recomendar em