22 Dezembro 2013, 16:34

Gracejo do presidente francês provocou escândalo diplomático

Gracejo do presidente francês provocou escândalo diplomático

Um gracejo do presidente da França, François Hollande, no qual ele deu opinião pouco lisonjeira da situação na Argélia, provocou um escândalo diplomático.

Dicursando, em 16 de dezembro, na reunião comemorativa do Conselho de delegados judaicos na França, Hollande disse que Manuel Valls, ministro do Interior francês, tinha regressado são e salvo de uma viagem à Argélia, o que já era um êxito.

A Argélia considerou que esse gracejo deturpava a situação no domínio da segurança, nesse país, e prejudicava as relações bilaterais.

  •  
    E recomendar em